Entre em contato via WhatsApp

Gabinete de portas abertas

  • Home
  • Gabinete de portas abertas


 


Gabinete de portas abertas.


   Ulisses Maia assumiu o cargo de prefeito municipal de Maringá em 2017 e, desde o primeiro dia, mantém o compromisso de realizar um mandato participativo, em que houvesse uma proximidade entre a administração e a comunidade. Por isso, criou programas como o Gabinete de Portas Abertas e a Prefeitura no Bairro, que visam possibilitar ao cidadão uma participação ativa na política maringaense. No mesmo sentido, sempre prezou pela transparência de seus atos e, dessa forma, implementou o Portal da Transparência. Nele, a sociedade pode consultar de uma forma fácil e rápida uma infinidade de assuntos.

    Na saúde, em três anos, o número de cirurgias no Hospital Municipal de Maringá cresceu mais de 230%. Foram 8 mil procedimentos em inúmeras especialidades, como cirurgias pediátricas, que somente passaram a ser realizadas na gestão de Ulisses. Em relação aos internamentos e às consultas especializadas, os números foram de 15,3 mil e 65 mil, respectivamente. No Hospital Municipal, ainda foram implementados os serviços de endoscopia, colonoscopia e tomografia. Também foram criados o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) e três novas modalidades de distribuição de medicamentos gratuitos, a Farmácia Solidária, a 24 horas Zona Sul e a Farmácia Móvel, que foi considerada referência no estado pela Plenária do Conselho Regional de Farmácias do Paraná (CRF-PR). Ainda nesses três últimos anos, 36 mil pessoas receberam atendimento fisioterapêutico. Em consultas odontológicas, foram 57 mil pessoas somente em 2019.

    A educação também não fica para trás. 40 mil alunos da rede municipal são beneficiados com ensino em tempo integral, ar condicionado em mais de 35 unidades escolares, uniforme completo (incluindo o tênis), kit escolar, merenda e transporte. A frota escolar, com 75 veículos, é a responsável pelo transporte de 2,6 mil estudantes até as escolas. Em 2020, houve mudanças no currículo escolar, como antecipação de alguns conteúdos de matemática para o 2º ano do fundamental, desenvolvimento de habilidades socioemocionais e educação financeira. Por meio do processo de compra de vagas, a administração adquiriu ainda 2.107 vagas na rede particular.

    E não para por aí! No início deste ano, Ulisses inaugurou uma das maiores obras da história da Cidade Canção, o Terminal Urbano Intermodal Said Felícia Ferreira, com investimento de R$ 56 milhões. Outra conquista para Maringá foi a revitalização da Avenida Carlos Borges, com 3,2 quilômetros duplicados. O projeto também incluiu paisagismo, ciclovia e iluminação com lâmpadas de LED.

    Pela primeira vez, a cidade também contará com um plano de mobilidade urbana, o PlanMob, que servirá para tornar o trânsito mais rápido e seguro para o transporte público, veículos de carga, de passeio, pedestres e ciclistas. Outro estudo que também ficará pronto este ano é o Plano Municipal de Gestão de Arborização Urbana (PGAU), responsável por orientar as ações de arborização em ruas, parques e praças do município. Afinal, Maringá é considerada a cidade mais arborizada entre os 80 municípios brasileiros com mais de 300 mil habitantes. E como é bom viver aqui, não?

    Na administração de Ulisses Maia, o bem-estar animal também virou pauta. Maringá passou a ser considerada “pet friendly”, ou seja, a cidade amiga dos animais. Mais de 13 mil cães e gatos foram castrados, muitos com o auxílio do aplicativo Petis que, em 2019, trouxe o Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) para o município.

    E têm mais notícias boas! Este ano, a Cidade Canção ganhou o selo de município amigo da pessoa idosa, em reconhecimento às políticas públicas adotadas para a promoção de um envelhecimento ativo e saudável.

    Ainda na gestão de Ulisses, Maringá foi considerada o melhor município para se viver no Brasil, de acordo com a empresa de consultoria Macroplan. Para a análise, foram consideradas as áreas de educação, saúde, segurança, dentre outras, de 100 cidades com mais de 273 mil habitantes. Esse dado só demonstra a eficiência e comprometimento da atual administração, que fez com que Maringá terminasse o ano de 2019 sendo uma das poucas cidades do Paraná com um superávit financeiro positivo, cerca de R$ 182 milhões.