Gestão investe mais de R$ 24 milhões na educação básica

Gestão investe mais de R$ 24 milhões na educação básica

Prefeitura investiu R$ 56 milhões para melhorias no saneamento básico
Prefeitura investiu R$ 56 milhões para melhorias no saneamento básico
3 de abril de 2020
Maringá é exemplo de educação ambiental
Maringá é exemplo de educação ambiental
3 de abril de 2020
Gestão investiu mais de R$ 24 milhões na educação básica

CMEI Professor Raul Pimenta disponibiliza vagas para 300 crianças

Gestão investe mais de R$ 24 milhões na educação básica

 

Uma das prioridades da Prefeitura Municipal de Maringá é o desenvolvimento da educação. Por isso, desde 2017, o prefeito Ulisses Maia investiu mais de R$ 24 milhões na educação básica. Esse montante foi destinado a construções, reformas e ampliações de escolas e creches. Um exemplo disso é o Centro de Educação Infantil (CMEI) Maria Doná Ferraz, reinaugurado em abril de 2019, que contou com reformas nas salas de aula, refeitório, cozinha, áreas com acessibilidade etc. Já em março do mesmo ano foi a vez da Escola Municipal Ayrton Plaisant ser reinaugurada. Várias foram as mudanças realizadas, como a aplicação de revestimento cerâmico nos corredores e a instalação de um sistema que visa reaproveitar a água da chuva. Por conseguinte, o número de vagas também subiu, agora é de 385 estudantes.

Gestão investiu mais de R$ 24 milhões na educação básica

CMEI Maria Doná Ferraz foi reinaugurado em 2019

E tem mais! Com as obras na Escola Municipal Geraldo Meneghetti, a capacidade de alunos que podem se matricular dobrou, de 350 para 700 na instituição. Foram 10 novas salas de aula, banheiros, dentre outras readequações. Tudo pensado para proporcionar mais conforto e bem-estar aos educandos, professores e demais servidores. Do mesmo modo, o CMEI Pioneira Aparecida Luzia Pires de Moraes, localizado no Jardim Ouro Cola, também ganhou uma cara nova. Assim, a atual administração trabalha no sentido de oferecer uma educação básica humanizada, com profissionais qualificados em um espaço adequado para a aprendizagem.

 

Mais de R$ 24 milhões na educação básica garantem novos espaços

 

Em 2019, foi assinada a ordem de serviço para a construção da Escola Municipal Jardim Atami, com mais de R$ 6 milhões de investimentos. Dessa forma, a previsão é que as obras sejam concluídas ainda este ano. O espaço irá atender 420 alunos por período, em 12 salas de aula. Por outro lado, quatro CMEIs totalmente novos foram entregues à comunidade, o Noêmia Maia Kotsifas (Zona 9), Vanor Henriques (Jardim Ipanema), José Prestes Neto (Jardim Alvorada) e Professor Raul Pimenta (Jardim Imperial II), que custou aproximadamente R$ 6,4 milhões. Por sua vez, em 2017, a Escola Professor Antonio Carlos Velasque ficou pronta para receber os estudantes. 

Gestão investiu mais de R$ 24 milhões na educação básica

CMEI Professor Raul Pimenta disponibiliza vagas para 300 crianças

Secretaria de Educação amplia número de vagas em creches e escolas

 

Para o prefeito Ulisses Maia, a educação é transformação. Por meio dela, o cidadão cria um senso crítico, tem mais oportunidades de trabalho e consciência dos seus direitos e deveres. Assim, todos os esforços da Secretaria de Educação (Seduc) estão concentrados na ampliação do número de vagas, nas creches e escolas, para crianças e jovens, sem perder a qualidade do ensino.

 

Para suprir a demanda por vagas nas creches de Maringá, além da ampliação e inauguração de todos os CMEIs já citados, a Prefeitura Municipal realizou um chamamento público com o objetivo de comprar vagas na rede de ensino privada. No total, são 2.107. O valor mensal por criança é de R$ 1.287,79, pago pelo poder público. Nos locais, assim como na rede pública, o ensino é integral e há alimentação, uniforme, dentre outros benefícios. Por fim, outro caminho viabilizado pela atual administração foi o convênio firmado com a Universidade Estadual de Maringá (UEM), que garantiu mais 174 lugares na creche de aplicação pedagógica.