Testes para coronavírus têm resultados online em Maringá

Testes para coronavírus têm resultados online

Ulisses Maia anuncia asfalto novo para ruas e avenidas de Maringá
Ulisses Maia anuncia asfalto novo para ruas e avenidas de Maringá
24 de junho de 2020
Agência do Trabalhador tem 86 vagas de emprego nesta sexta-feira
Agência do Trabalhador tem 86 vagas de emprego nesta sexta-feira
26 de junho de 2020
Testes para coronavírus têm resultados online

Testes para coronavírus feitos na UPA Zona Norte têm resultados enviados automaticamente para o Cievs.

Testes para coronavírus têm resultados online

Todos os testes para coronavírus coletados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte têm seus resultados disponíveis no site do Núcleo de Diagnóstico. Depois da coleta, leva até 30 horas para que o resultado esteja disponível online. Dessa forma o paciente consegue ter acesso seguro e rápido a seu diagnóstico.
O Núcleo de Diagnóstico venceu uma licitação feita pela Prefeitura de Maringá e está apto a processar exames de Covid-19. Uma vez que os resultados são liberados diretamente no site do laboratório, a Secretaria de Saúde tem seu trabalho simplificado. Sempre que um paciente quiser acessar seu diagnóstico, é preciso informar o usuário e a senha recebidos no momento da consulta.
Além de facilitar a entrega de um bom serviço para os pacientes, que podem acompanhar seus testes para coronavírus sem sair de casa, o sistema também ajuda no monitoramento da pandemia na cidade. Os resultados são repassados de forma automatizada para o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs). Assim é possível supervisionar os casos positivos que precisam ficar em isolamento domiciliar.
Segundo o secretário de Saúde, Jair Biatto, “agora o paciente pode acompanhar o resultado online e continua recebendo ligação da equipe da saúde para confirmação do teste. Quando positivado, o paciente também é acompanhado pelo Cievs para monitoramento dos sintomas por 14 dias”.
Testes para coronavírus têm resultados online

Testes para coronavírus feitos na UPA Zona Norte têm resultados enviados automaticamente para o Cievs.

Rede de saúde de Maringá foi preparada para pacientes com sintomas de Covid-19

Desde que os primeiros casos de Covid-19 foram confirmados no Brasil, o prefeito Ulisses Maia começou a preparar a rede de saúde de Maringá para enfrentar a pandemia. Uma das primeiras providências tomadas foi transformar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte em uma unidade de referência para pessoas que apresentem sintomas respiratórios ou sintomas compatíveis com o novo coronavírus. São considerados sintomas da doença fatores como febre, tosse e falta de ar.
Mas não foi só a UPA Zona Norte que recebeu atenção especial da Prefeitura. Também o Hospital Municipal de Maringá (HMM), o Hospital Universitário de Maringá (HUM) e a UPA Zona Sul tiveram seus serviços devidamente adaptados. E unidades sentinela foram colocadas em Unidades Básicas de Saúde (UBS) para identificar e testar casos suspeitos.
Ainda houve aumento no número de testes para coronavírus realizados todos os dias. Enquanto, até meados de abril, Maringá realizava 50 exames por semana, de lá para cá essa quantidade subiu para 40 exames por dia.  Isso foi possível por meio de um convênio com o Laboratório de Ensino e Pesquisa e Análises Clínicas (Lepac) e também por testes adquiridos junto a um laboratório privado mediante licitação.