Obras de infraestrutura urbana mudam a cara de Maringá

Obras de infraestrutura urbana mudam a cara de Maringá

Mandato da atual gestão visa promover o exercício da cidadania
Mandato da atual gestão visa promover o exercício da cidadania
31 de março de 2020
Aeroporto de Maringá
Parque do Ingá e Aeroporto recebem reformas infraestruturais
31 de março de 2020

Foram investidos R$ 12 milhões na revitalização da Avenida Carlos Borges

Obras de infraestrutura urbana mudam a cara de Maringá

 

Maringá virou um verdadeiro canteiro de obras a céu aberto. Essa é a realidade atual da cidade canção. É fácil encontrar trabalhadores empenhados na revitalização de alguma praça, na construção de algum campinho ou ainda na duplicação de uma avenida. Não é nenhuma novidade que, há três anos, o município ganhou um fôlego novo, mais empreendedor e inovador. A expectativa é que a qualidade de vida da população fique ainda melhor com as melhorias na infraestrutura urbana do município. Recentemente, foi inaugurada uma das maiores obras da história de Maringá, o Terminal Urbano Intermodal Said Felícia Ferreira, que contou com um investimento de R$ 56 milhões. Mas, afinal, o que é infraestrutura urbana e qual a sua importância para que tantos recursos públicos sejam destinados a ela?

 

Avenida Carlos Borges, porque investir em infraestrutura dá resultados

 

Infraestrutura urbana são todas as obras que, juntas, formam a base de funcionamento de um município, ou seja, tudo que facilita a qualidade de vida da sociedade. A Avenida Carlos Borges, entregue à população no ano passado pela atual gestão, é um bom exemplo disso. R$ 12 milhões foram destinados à duplicação de 3,2 quilômetros. Do mesmo modo, sinalização, ciclovia canteiro central, dentre outras melhorias, também foram contempladas pelo projeto, que radicalmente transformou a vida dos moradores do local.

Avenida Carlos Borges

Foram investidos R$ 12 milhões na revitalização da Avenida Carlos Borges

Outro ponto bem importante é a iluminação pública. Preocupada com a sustentabilidade e economia, a Prefeitura Municipal instalou lâmpadas de LED, que, além de iluminarem melhor, diminuem até 50% o valor da conta de luz. Depois da conclusão da obra, o comércio voltou a crescer, a segurança aumentou e os imóveis valorizaram. Em relação à arborização, 500 mudas foram plantadas, o que ajudará a controlar a temperatura na estação do verão. O desfile cívico de 7 de Setembro de 2019, que reuniu uma plateia de mais de 30 mil pessoas, marcou a inauguração da infraestrutura.

 

A gestão do prefeito Ulisses Maia é exercida com base em um Gabinete de Portas Abertas, em que o cidadão é incentivado a participar das tomadas de decisão. Assim aconteceu com a Avenida Carlos Borges. Há tempos, a sociedade cobrava melhoras no local e foi prontamente atendida. Por isso, consultas populares são uma prática comum na atual administração, como as audiências realizadas pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Maringá (Ipplam) sobre o Plano Diretor.

 

Projetos intitulados “Meu Campinho” são exemplos de infraestrutura

 

Os Complexos de Esporte e Lazer “Meu Campinho” são resultado de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Maringá e o Governo do Paraná. 16 já foram inaugurados de um total de 19 unidades. Em síntese , o intuito é promover a convivência entre a comunidade. A infraestrutura básica conta com campo de grama sintética, balanço com acessibilidade, mesa para jogos e Parque de Cordas. Vale ressaltar que esse último brinquedo, que lembra uma teia de aranha em que o objetivo é ir de um lado ao outro sem cair, ganhou o Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR), em 2019. O Parque de Cordas e o aplicativo de castração Petis foram escolhidos como finalistas entre mais de 200 propostas de 82 cidades.

Obras de infraestrutura urbana mudam a cara de Maringá

Primeira obra do “Meu Campinho” de 2020 foi entregue à comunidade do Jardim Novo Oásis